05/10/2021 às 09h39min - Atualizada em 05/10/2021 às 19h03min

Para os desafios do presente, uma solução do futuro: o 5G

A segunda edição do Futurecom Digital Week vai mostrar como a tecnologia da quinta geração vai mudar o que se conhece hoje no Agro, Indústria e Cidades Inteligentes

SALA DA NOTÍCIA DFreire
São Paulo, outubro de 2021 - Para os desafios de conectividade e impasses tecnológicos enfrentados hoje por diversos setores econômicos do Brasil está chegando uma solução única: o 5G. Cercada de expectativas, a tecnologia de quinta geração para o acesso, processamento e distribuição de dados em rede deve aportar em breve no País. Todas as suas funcionalidades e benefícios serão amplamente discutidos e compreendidos durante a segunda edição do Futurecom Digital Week, que será 100% digital e será realizado entre os dias 8 e 11 de novembro. Com o tema “Think the future, think ahead”, o evento vai mostrar de forma inédita e inovadora as principais aplicações do 5G no Brasil. A novidade desta edição é o Metaverso 1.0 Futurecom, uma experiência que vai mudar o jeito de realizar eventos virtuais.
“O Metaverso Futurecom é um espaço coletivo e virtual compartilhado que possibilita experiências imersivas e a interação entre soluções e consumidores corporativos. Uma nova forma de experiência e de relacionamento com o mercado em seus mais diversos segmentos econômicos e sociais. Nele, as pessoas podem trabalhar, aprender e socializar. Veio para ficar”, destaca Hermano Pinto, diretor do Portifólio de Tecnologia e Infraestrutura da Informa Markets, responsável pelo Futurecom. A experiência do Metaverso proporciona ao visitante do maior evento de tecnologia e telecomunicações da América Latina a sensação de ser transportado para uma das quatro ilhas conectadas, onde os visitantes poderão interagir com as mais diversas tecnologias e soluções de transformação digital.
As palestras e conteúdos sobre transformação digital do evento mantêm o alto nível de sempre e um dos grandes temas em discussão é a chegada do 5G. “O 5G amplia os tradicionais conceitos de redes móveis (capacidade, cobertura e qualidade do serviço), reforçando três outras dimensões: eficiência, produtividade e segurança”, explica Hermano Pinto. “Para cada setor econômico, essas características têm maior ou menor relevância, dependendo da aplicação necessária”, salienta ele.
Em um mundo essencialmente conectado como o de hoje, o monitoramento e o controle de recursos são definitivos no que diz respeito ao sucesso de qualquer indústria e ramo da economia. A tecnologia 5G vem para tornar tudo isso possível e muito mais seguro, rápido e eficiente. O 5G possibilita avanços consideráveis em relação aos padrões anteriores


uma vez que permite tratar mais dispositivos conectados para atender as demandas de elementos conectados (como IoT) - estima-se uma densidade de conexão superior a 1 milhão de aparelhos por metro quadrado. A tecnologia aumenta a velocidade de conexão e traz um novo patamar de latência (resposta na transmissão de dados) que, se era de 60 a 98 milissegundos no 4G, passará a ser de 1 milissegundo nessa quinta geração e, ainda, tem maior capacidade de banda, necessária para a descomunal produção e circulação de dados em todo o mundo. 
Pela importância da chegada do 5G trazendo todas essas grandes mudanças, o Futurecom Digital Week vai detalhar os impactos dessa nova tecnologia dentro do metaverso. Toda a revolução que a nova geração de transporte de dados fará em grandes segmentos econômicos será apresentada em quatro grandes ilhas dentro do mundo virtual: Ilha Agro, Ilha Indústria 4.0, Ilha Start City e Ilha “Closing the Gap of the Digital Divide” (Vila Digital).   

Ilha Agro
O modelo virtual no metaverso é baseado em uma fazenda que usa a tecnologia para processos autônomos e inteligentes, conectando todos os sistemas de uma cadeia produtiva de modo a mesclar o virtual e o real no campo. “Quando se fala de Agro, uma preocupação central é com a produtividade. Ela é fundamental. Para isso, é necessário ter cobertura, capacidade da rede e qualidade na conexão. Esses elementos garantem produtividade, eficiência e segurança para a integração das cadeias produtiva e logística que precisam estar integradas fim a fim: insumos e implementos, máquinas e acessórios, colheita, beneficiamento, silos e entrepostagem, remessa multimodal e embarque no navio de carga para garantir que o produto chegue ao seu destino dentro ou fora do País”, explica Hermano Pinto. “O 5G possibilita essa garantia de rastreabilidade segura com ferramentas e dispositivos em condições de atender todas as exigências do mercado.”
Os visitantes da Ilha Agro no metaverso poderão entender e visualizar como se dá o funcionamento de safras coordenadas com a produção de acordo com a estação, o uso de serviços climatológicos conectado com o drones e tratores que trabalham no campo. Na experiência de navegação, o visitante poderá interagir com os dispositivos ali apresentados. Há, por exemplo, uma torre de controle onde o agricultor consegue ver a plantação e a reserva legal que ele monitora e protege. Aplicações do 5G no Agro: aumento da produtividade e produção; monitoramento das operações agrícolas, irrigação e clima; uso de diferentes tipos de energia (eólica, fotovoltaica); identificação e reação ágil contra pragas e doenças; diminuição de perdas e desperdícios; redução de custos e auxilia para viabilizar programas de sustentabilidade, diminuindo de impactos no meio ambiente.

Ilha Indústria 4.0
A segurança no tratamento de dados representa uma grande preocupação da indústria, cujos processos, ajustes, componentes e materiais representam elementos críticos para a confiabilidade produtiva e de sua cadeia. O conceito de redes privativas, trazido pelo 5G, bem como a habilitação de novos dispositivos de proteção cibernética promovem a verdadeira revolução 4.0. “Um elemento fundamental nessa discussão é a adoção da arquitetura 5G do tipo standalone (SA), em que não há dependência alguma das redes legadas de 4G, cujo core legado de rede é reutilizado nas arquiteturas NSA (non-standalone). Como é no core, onde se concentra a capacidade computacional e de gerenciamento das redes e serviços de conectividade, será por meio do 5G SA que se alcançará a plenitude de todas as features necessárias para prover a confiabilidade da segurança de dados, trazendo maior proteção a ataques externos”, destaca Hermano Pinto. A Ilha Indústria 4.0 do metaverso apresenta uma linha de produção com diferentes objetos e elementos, mostrando a eficiência dos processos de automação.
O espaço virtual da Futurecom vai mostrar como a comunicação entre máquinas locais e remotas, integradas com a Internet das coisas, possibilita análises e diagnósticos de eventos sem a necessidade da intervenção humana, o que permite aos operadores reservarem seu tempo para a criação de outros projetos e inovações. Alguns itens já são realidade na indústria, mas crescerão exponencialmente com a implantação da conectividade de quinta geração, habilitadora de outras tecnologias do futuro. No mundo da indústria 4.0, o 5G possibilita produção integrada por computador; sistema de manutenção inteligente; interface entre máquinas e a central de produção controlada por IA e humanos, além do espaço de convivência humanizado. “O 5G eleva produtividade e eficiência ao conectar ubiquamente a cadeia logística e produtiva. Essa eficiência é obtida por meio de uma rede muito mais potente conectada com Big Data, que coleta muito mais dados e processa muito mais informações”, completa o diretor de Tecnologia e de Infraestrutura da Informa Markets. 

Ilha Smart City
Quase tudo na vida do brasileiro contemporâneo é resolvido pelo celular ou outros dispositivos ligados à internet. As pessoas estão habituadas a fazer integração de seus dispositivos com o mundo ao redor e esse processo se intensifica com o 5G. Na Ilha Smart
City dentro do Metaverso Futurecom, o visitante virtual será apresentado a uma cidade inteligente que integra tecnologia da informação e dispositivos físicos conectados à rede IoT.
O objetivo é otimizar a eficiência das operações e serviços da cidade e conectar-se aos cidadãos. O participante poderá clicar nos elementos presentes no espaço virtual, como

ônibus elétrico, patinete e drones, por exemplo, para acessar um vídeo explicativo e obter mais informações sobre funcionalidades, benefícios, economia, entre outros aspectos tecnológicos.
“Hoje, o que tem sido visto com mais frequência são experiências bem-sucedidas em cidades de menor porte porque esses municípios conseguem dar prosseguimento a projetos
com menos burocracia e investimentos. Em cidades maiores, a complexidade burocrática e política é muito maior, inclusive no que se refere à legislação de uso de solo ou de equipamentos urbanos. De outro lado, embora as pessoas possam ter dificuldades no início da adoção de novas tecnologias, a sua capacidade de adaptação e aceitação é rápida e com retornos bastante perceptíveis. Portanto, as cidades precisam ser vistas como um grande organismo interconectado, cujos dados e informações quando compartilhados oferecem importantes oportunidades para o município, o que impõe a necessidade de vencer os obstáculos ainda existentes entre as diversas esferas da gestão pública, pois os benefícios para sociedade como um todo serão muito relevantes”, pondera o executivo.
Visitando a Ilha Smart City, é possível conhecer soluções que serão impactadas por toda a revolução prevista no 5G: medidores e dispositivos sem fio, que transmitem informações que melhoram o trânsito e a gestão da infraestrutura da cidade; redes inteligentes de energia com medidores dinâmicos e identificação de gargalos para um consumo mais eficiente de energia; uso de gêmeos digitais para o planejamento de estruturas e equipamentos urbanos, integração de sistemas de mobilidade urbana pública e uso de energias renováveis (como biomassa e painéis solares); drones de entregas conectados à rede logística; compactadores de lixo com energia solar e estações de recarga de veículos; postes de iluminação inteligente com capacidade de monitoramento e gestão de fluxo, entre tantas outras.

Ilha Closing the Gap of the Digital Divide (Vila Digital)
O sucesso de uma tecnologia deve levar em conta a realidade onde ela é implantada. Segundo Hermano Pinto, as demandas de cada lugar são diferentes para alcançar maior nível de cidadania. “O Digital Divide parte de uma base de necessidades específicas e fundamentais aos cidadãos, em que o acesso e a utilização da tecnologia implica em benefícios no dia a dia das pessoas”, ressalta ele. No espaço do metaverso que aborda o tema, há a representação de uma cidade isolada dos grandes centros que, a partir de soluções oriundas de políticas públicas e ações cooperativas alinhadas conceitualmente dentro de um conjunto de tecnologias e modelagem financeiras, possibilita aos seus


habitantes o direito à conectividade, serviços de cidadania e o acesso de forma equitativa à economia digital global.
Na cidade remota apresentada dentro da Ilha Digital Divide dentro do Metaverso do Futurecom, o participante terá a percepção de um mundo que convive com o que há de mais moderno em tecnologia. Entre as inovações apresentadas estão internet 5G gratuita na conectividade de escolas, serviços públicos de cidadania e telemedicina preventiva. Com mais velocidade e qualidade de conexão, as pessoas podem fazer uso de aplicativos que monitoram seus sinais vitais e sinalizam mudanças físicas. Assim, quando necessário, é feita  intervenção médica, o que representa melhor qualidade de vida e até redução de custos, uma vez que prevenir é mais barato que fazer grandes cirurgias ou pesados tratamentos médicos. A ilha também abordará métodos de pagamentos integrados, que permitem rapidez e rastreabilidade e podem prevenir fraudes, além de serviços de auxílio à inclusão da cidadania e escola conectada.
Os exemplos e soluções são vários e as ilhas temáticas do metaverso trazem um retrato do que o futuro reserva e uma grande parte do presente já entrega em muitos setores. “A conectividade habilitada pelo 5G pode ajudar a resolver gargalos de infraestrutura e de cidadania. A rastreabilidade de processos, produtos e serviços permitida pela capacidade ampliada e de baixa latência da tecnologia trará mais segurança, eficiência e comodidade para todos. Muita coisa que hoje ainda é complicada (ou até inviável), será simplificada e acelerada com o 5G”, conclui Hermano Pinto.

Serviço:
Futurecom Digital Week
Quando: De 8 a 11 de novembro de 2021
Informações: https://www.futurecom.com.br/pt/home.html

Sobre o Futurecom – https://www.futurecom.com.br/pt/plataformadenegocios.html
O Futurecom é a plataforma de negócios que impulsiona o ecossistema de tecnologia e telecomunicações, apresentando soluções para o seu negócio, por meio de conexões de comunidades, relacionamentos e conteúdo de qualidade em todos os ambientes: digital, físico e simultaneamente. O Futurecom conta hoje com uma base de dados qualificada, com mais de 151 mil contatos de profissionais do setor e diversos canais, como plataforma digital, website, redes sociais e um portal de conteúdo exclusivo. Futurecom é o parceiro estratégico ideal para promover marcas, lançar produtos, gerar leads qualificados e realizar ações personalizadas para obtenção de um melhor retorno de investimento, com mais foco e assertividade.

Sobre a Informa Markets 
A Informa Markets cria plataformas para indústrias e mercados especializados para fazer negócios, inovar e crescer. Nosso portfólio global é composto por mais de 550 eventos e marcas internacionais, sendo mais de 30 no Brasil, em mercados como Saúde e Nutrição, Infraestrutura, Construção, Alimentos e Bebidas, Agronegócio, Tecnologia e Telecom, Metal Mecânico, entre outros. Oferecemos aos clientes e parceiros em todo o mundo oportunidades de networking, viver experiências e fazer negócios por meio de feiras e eventos híbridos, conteúdo digital especializado e soluções de inteligência de mercado, construindo uma jornada de relacionamento e negócios entre empresas e mercados 365 dias por ano.

Para mais informações, visite www.informamarkets.com.br
 
Notícias Relacionadas »
© 2021 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
contato@saladanoticia.com.br
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp