14/01/2022 às 12h25min - Atualizada em 14/01/2022 às 19h30min

IFC mobiliza novos investidores para apoiar expansão da ODATA no Brasil e impulsionar a economia digital

Financiamento será investido na expansão de três data centers

https://odatacolocation.com/
SALA DA NOTÍCIA Priscila Dezidério
São Paulo, 14 de Janeiro de 2022 – A IFC, membro do Grupo Banco Mundial, liderou uma nova tranche de financiamento para reforçar os investimentos da ODATA Brasil S.A. em seus data centers no Brasil. Os recursos no valor de US$ 30 milhões (aproximadamente R$ 165 milhões) permitirão que a empresa, provedora de infraestrutura de Data Center com ampla atuação em diversos setores de mercado como nuvem e telecomunicações, expanda suas operações no país.

Essa segunda etapa complementará a linha inicial assinada em novembro do ano passado e composta por US$ 30 milhões de recursos próprios da IFC. O projeto representou o primeiro financiamento da IFC em data centers. Para esse segundo desembolso, a IFC mobilizou dois novos investidores, o Itaú BBA e o SMBC (Sumitomo Mitsui Banking Corporation).

A primeira e segunda tranche de financiamento irão apoiar a expansão de três data centers no país, ajudando a revitalizar e impulsionar a infraestrutura digital brasileira. Com a maior economia e o país mais populoso da América Latina, o Brasil consolidou-se como o principal hub de data center da região e gera uma grande demanda por conectividade. Espera-se que a mobilização da IFC amplie o acesso à capacidade de data centers independentes no país, sustentando o crescimento da economia digital e ampliando serviços digitais de qualidade para empresas e pessoas.

“A IFC, além de apoiar no financiamento dos novos data centers da ODATA, contribuiu para a companhia atingir os melhores padrões de sustentabilidade do mercado, trazendo valor à sociedade e aos nossos clientes. A chegada dos novos financiadores, Itaú BBA e SMBC, traz ainda mais robustez financeira para a ODATA continuar a expandir rapidamente no Brasil e na América Latina, contribuindo para a melhoria da infraestrutura digital na região, “acrescenta Fernando Jaeger, Diretor de Novos Negócios da ODATA.

“Este projeto está apoiando o crescimento da produtividade e da competitividade no mercado de serviços de hospedagem de dados da América Latina. A mobilização da IFC visa promover uma maior resiliência digital e uma recuperação econômica sustentável no Brasil, além de atender a demanda da população por serviços em nuvem,” afirma Carlos Leiria Pinto, Gerente Geral da IFC no Brasil.

Após a pandemia da COVID-19, será essencial para a estratégia de recuperação econômica brasileira o aumento de investimentos na preparação da infraestrutura digital do país e, desta forma, ampliar os serviços habilitados de tecnologia de informação e comunicação. O projeto ajudará no desenvolvimento contínuo de uma classe bem estabelecida de provedores de infraestrutura de data centers com foco em serviços de atacado. Com presença já estabelecida na Colômbia, México e Chile, e planos de expansão para o Peru, a ODATA está bem-posicionada para aproveitar a tendência de demanda por capacidade de data center na América Latina.

A IFC é um importante player no financiamento de infraestrutura digital em mercados emergentes e em todo o mundo. Na última década, a IFC se comprometeu e mobilizou US$ 5,9 bilhões para projetos de telecomunicações, mídia e tecnologia (TMT) globalmente.
Notícias Relacionadas »
© 2022 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp