16/06/2022 às 13h20min - Atualizada em 17/06/2022 às 16h18min

Quentão: conheça detalhes da bebida que conquistou o paladar dos brasileiros

Docente de gastronomia do Senac EAD detalha a origem da bebida e compartilha receitas com e sem álcool

Senac EAD
SALA DA NOTÍCIA Aline de Oliveira Silva
Pixabay
O quentão é uma bebida tradicional da cultura brasileira que ganhou popularidade nas quermesses e festas juninas, em diversas regiões do país. O reconhecimento do produto é tamanho que foi descrito em uma das mais importantes obras de linguística do folclorista Amadeu Amaral, “O Dialeto Caipira”.

Ainda que não se tenha a origem exata, os registros mais antigos do consumo da bebida aconteceram nos Estados de Minas Gerais, Paraná e São Paulo. A receita original era composta de aguardente, gengibre, açúcar e especiarias aquecidas, mas, foi adaptada de acordo com os costumes de cada localidade.

Roseli Cândeo é culinarista e docente nos cursos de gastronomia do Senac EAD, e acrescenta que a bebida se destacou nas festas juninas, por causa do período de inverno. “Como eram realizadas romarias e cantatas no período noturno, os participantes bebiam cachaça para se aquecerem. Com o tempo foram acrescentando as especiarias que resultaram no quentão”, argumenta.

Em relação às adaptações dos ingredientes, a docente reforça que em Minas Gerais e São Paulo, a bebida base é a cachaça, por causa da produção regional. Já na região Sul, especificamente no Paraná, a receita leva vinho que também é aquecido. Em alguns preparos são adicionadas frutas picadas, além das especiarias citadas.

Dicas para o preparo do quentão

Roseli ressalta a importância dos cuidados com a manipulação da bebida, já que costuma ser produzida para comercialização nas festas populares. “Os cuidados são fundamentais como em qualquer produto de consumo humano. Por isso, escolha insumos de qualidade como a cachaça ou vinho, e ainda, as especiarias devem ser sadias, sem presença de mofo ou fungos. Por último, atenção com a higiene dos utensílios no qual o quentão será preparado”, pontua.

Outro ponto de atenção é o local no qual a bebida será mantida. Como deve estar aquecida para consumo, a vasilha do preparo deve ficar coberta o tempo todo, evitando que caiam resíduos estranhos. A informação é útil, principalmente para quem vai preparar a receita em barracas de festas ou locais com pouca infraestrutura.

A docente do Senac EAD confirma que a preparação básica do quentão é feita com gengibre, cravo, canela, açúcar, cachaça ou vinho e água. Para conseguir um sabor padronizado, a medida segue a seguinte indicação: 1 porção de bebida para 1 porção de água. Já o açúcar e as especiarias são acrescentados de acordo com o paladar de quem prepara.

Quem deseja acrescenta frutas, as mais indicadas são laranja e maçã, complementa Roseli.

A educadora dos cursos de gastronomia compartilha três versões de quentão: com cachaça, com vinho e sem bebida alcóolica. Confira:

Receita básica de quentão:

Levar o açúcar (a quantidade depende de paladar, mas em torno de 1 xícara) ao fogo com as especiarias: gengibre, um pedacinho perto de 1 cm; canela, 1 rama; cravo, por volta de 5 unidades; e para quem gosta, acrescentar anis estrelado, 2 unidades; e laranja, 1 unidade, com casca cortada em pedaços grandes (amassar esta laranja para soltar o sumo da casca).
Quando o açúcar derreter e começar a caramelizar (não deixe escurecer) adicionar 1 litro da bebida, vinho ou cachaça (cuidado com a cachaça por ser inflamável, melhor tirar a panela do fogo para adicionar) e 1 litro de água.

Deixe ferver até reduzir em torno de 30%, prove para ver se precisa acertar o açúcar. Sirva quente.
Observação: cuidado com quantidade, embora o álcool seja bastante reduzido pela fervura ainda temos um teor alcoólico na bebida e por ser docinha e quentinha, às vezes, pode haver abuso.

Quentão sem álcool

Hoje já conhecemos o quentão sem álcool, que é feito substituindo o vinho por suco de uva, neste caso, a proporção será 1,5 litro de suco para 1 litro de água, mas o modo de fazer e as especiarias são iguais. Acompanhamentos perfeitos: pipoca ou pinhão cozido.

Sobre o Senac EAD 

Com 75 anos de atuação em educação profissional, o Senac foi pioneiro no ensino a distância no Brasil. A primeira experiência nesta modalidade se deu em 1947 com a Universidade do Ar, em parceria com o Sesc, que ministrava cursos por meio do rádio. 

A partir de 2013, com o lançamento do portal Senac EAD, a instituição ampliou a sua atuação em todo o país. Hoje, oferece um amplo portfólio de cursos livres, técnicos, de graduação, pós-graduação e extensão a distância, atendendo todo o Brasil e apoiados por mais de 350 polos presenciais para avaliações. 

Acesse aqui a programação completa de cursos do Senac EAD. Há também um portfólio diversificado de cursos presenciais que podem ser conferidos no portal da instituição.   

Informações para imprensa – Senac EAD 
In Press Porter Novelli  
Aline Oliveira 
Tel.: 11 3323-1659 
(67) 99131-7694 
[email protected] 
Junho /2022 
 
 




 
Notícias Relacionadas »
© 2022 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp