05/07/2022 às 11h01min - Atualizada em 05/07/2022 às 19h12min

Santuário Animal Sente é exemplo de superação em favor da causa animal

A artista plástica e escritora Nana Índigo é um exemplo de que é possível garantir a sobrevivência de muitos animais, mesmo em meio a muitas dificuldades com apoio de amigos, instituições e venda de suas artes

https://am3conteudo.com
SALA DA NOTÍCIA AM3 Conteúdo
Divulgação
A causa animal é uma luta de muitas pessoas conscientes de seu papel no mundo, tendo como base que toda vida importa. Porém, manter funcionando projetos dessa natureza não é algo muito fácil, pois nem todos têm consciência disso e o consumo desenfreado de carne acaba tapando os olhos para uma triste realidade: existem milhões de vidas clamando por socorro e quem poderá salvá-las?

A artista plástica e escritora Nana Índigo é um exemplo de que é possível garantir a sobrevivência de muitos animais, mesmo em meio a muitas dificuldades com apoio de amigos, instituições e venda de suas artes.

Ela renunciou a tudo, inclusive sua vida pessoal, para se dedicar integralmente à mais de 250 animais que vivem no Santuário Animal Sente, fundado por ela através de sua ONG Associação Vegana de Conscientização e Libertação Animal em Cotia (SP). Hoje, além das vendas de produtos e artes criadas por ela, familiares e amigos, conta com a ajuda do Lovegan, um restaurante vegano localizado em Campo Belo, na capital paulista.

De acordo com ela, no dia 9 de julho será realizada uma noite de queijos e vinhos, além de uma harmonização, no Lovegan. “No Lovegan são realizados eventos com regularidade para apoiar o Santuário Animal Sente”, afirma Nana Índigo, frisando que o restaurante vegano é o principal parceiro do Santuário Animal Sente.

“O Lovegan é uma forma das pessoas nos ajudarem, porque além de saborearem a gastronomia vegana, elas podem se deslocar ao local também para fazer doações de restos de rações, remédios que seu animal não usa, cesta básica que não precisam mais, pois tudo isso é uma forma de ajudar nosso santuário sem que o apoiador coloque a mão no bolso”, explica a fundadora do Santuário Animal Sente.

A artista ainda destaca que está fazendo “artes em garrafas”, outra fonte de renda para o local que abriga os quase 300 animais e precisa de todo tipo de apoio para continuar funcionando. Ela usa o artesanato e todos os tipos de trabalhos artísticos para conseguir dinheiro e comprar rações, pagar veterinários e outros profissionais para que os animais do santuário tenham uma vida digna e segura.

Segundo ela, os santuários não são apenas locais para abrigar animais, o valor simbólico de lugares como esses são incalculáveis. “O valor simbólico dos santuários veganos estão acima de toda poesia e encanto destes espaços que abrigam com amor, tantas vidas inocentes. É fato que para cada indivíduo os Santuários são o paraíso, mas é no fato de inspirar, tocar e orientar as pessoas acerca da importância dos direitos animais e de um mundo harmônico com a natureza que os santuários têm sua maior missão”, finaliza Nana Índigo.
 
Notícias Relacionadas »
© 2022 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp