06/07/2022 às 10h29min - Atualizada em 06/07/2022 às 11h42min

RankMyApp contrata 200 pessoas desde 2020, triplica de tamanho e se consolida como uma das maiores techs do país

Na contramão da onda de demissões das empresas de tecnologia, empresa se firma como startup “camelo” e se prepara para a internacionalização

SALA DA NOTÍCIA Aryane Pereira Costa

RankMyApp contrata 200 pessoas desde 2020, triplica de tamanho e se consolida como uma das maiores techs do país

 Na contramão da onda de demissões das empresas de tecnologia, empresa se firma como startup “camelo” e se prepara para a internacionalização


São Paulo, junho de 2022 - Nos últimos três meses, centenas de demissões foram feitas pelas startups brasileiras, em um fenômeno que se propaga pelo mundo todo. De acordo com o site Layoffs Brasil, que atualiza as informações sobre demissões dessa área, 1.600 pessoas foram demitidas somente entre abril e junho.

 

Na contramão do mercado, a RankMyApp, especialista em inteligência de marketing e aquisição para apps, consolida-se como uma startup “camelo”, termo utilizado para empresas deste modelo que sobrevivem e até crescem em momentos desfavoráveis. E, mais que isso, comemora a contratação de 200 colaboradores nos últimos dois anos e o fato de ter triplicado a sua receita entre 2020 e 2021 – e o otimismo segue em 2022: apenas no primeiro trimestre, a startup cresceu 47% em relação ao mesmo período do ano passado.

 

E qual o segredo para esse sucesso? Além de não ter concorrentes na área de Mobile Growth, a startup, desde sua fundação em 2015, mantém foco total em três indicadores: receita recorrente (Monthly Recurring Revenue); redução da taxa de churn (taxa de perda de clientes); e busca por novos clientes. Não à toa, a empresa mira a internacionalização do negócio com expansão para a América Latina.

 

Dessa forma, já se destaca com uma das maiores do mercado de tecnologia, com mais de 600 clientes no seu portfólio, atendendo 45% dos maiores Apps do país e 32% das grandes empresas brasileiras. Mesmo no mercado internacional, a RankMyApp tem mostrado resultados importantes, já que atualmente 32% de sua receita é de origem estrangeira.

 

Mas por que as startups brasileiras têm demitido tanto?

Segundo a Associação Brasileira de Startups (Abstartups), a onda de baixas coletivas não é uma exclusividade no país. Refere-se a um fenômeno global, resultado do aumento das taxas de juros que os governos aplicam para combater a inflação. Mas outro ponto também chama a atenção: a mudança de um grande paradigma por parte dos investidores-anjo, que já não podem mais ser tão “anjos” assim.

 

Isso significa que, se antes valia mais a pena crescer porque quem assinava o cheque bancava o crescimento (fato comum na história de grandes startups como Uber, Tesla, WeWork, Twitter, Spotfy e Nubank), agora o foco está mais voltado para ser lucrativo. Os investidores buscam, quando não exigem, atenção ao caixa e um crescimento estruturado.

 

“Na RankMyApp, cumprimos essa exigência desde sempre. Nossos números demonstram como o nosso trabalho está sendo bem executado e como passamos confiança aos nossos clientes e colaboradores. Comprovam também que a cultura organizacional da empresa funciona de maneira assertiva, pois estávamos preparados para enfrentar os desafios impostos pelo cenário macroeconômico, mantendo a solidificação em todas as nossas áreas nos últimos dois anos. Isso nos orgulha muito”, ressalta Leandro Scalise, CEO da startup.

 

A RankMyApp é a primeira empresa 100% focada em inteligência e performance mobile. Com uma tecnologia própria, a startup analisa mais de 1 milhão de registros de aplicativos, keywords e categorias, com time formado por especialistas em App Growth e Mobile Marketing. Atualmente, está presente em 17 países e tem no seu portfólio de clientes grandes marcas como Vivo, Itaú, Claro e Magazine Luiza.

 

Sobre a RankMyApp

A RankMyAPP é referência global em tecnologia e resultados data-driven para o mercado de Marketing Digital. A empresa tem como foco levar aos clientes os melhores resultados por meio de estratégias de mobile marketing, como o melhor ranqueamento nas lojas virtuais com App Store Optimization e Campanhas de Mídia para Apps. Fundada em 2015 e acelerada pela Startup Farm (São Paulo - BR) e pela Alchemist Accelerator (Vale do Silício - EUA), está sediada em São Paulo e possui escritório no Uruguai. Tem uma carteira de mais de 600 clientes em 17 países, 400 funcionários e está listada entre as três principais empresas de Mobile Intelligence do mundo, segundo a Business of Apps.


Informações à imprensa | Image 360

Aryane Costa - Assessora de Comunicação

(11) 96634-9288

 


Notícias Relacionadas »
© 2022 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp