09/06/2021 às 12h30min - Atualizada em 10/06/2021 às 14h36min

Financiamentos imobiliários devem bater recorde em 2021, prevê Abecip

Projeção da associação é de crescimento perto dos 30% em relação ao registrado em 2020

SALA DA NOTÍCIA Alice Bachiega

iStock
 

Os financiamentos imobiliários podem bater recorde em 2021, prevê a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). Segundo a projeção, a concessão de créditos habitacionais deve ficar na casa dos R$ 160 bilhões, ou seja, 27% acima do registrado em 2020, o melhor ano do setor até o momento, quando avançou 57,5% em relação a 2019.

O valor de R$ 123,97 bilhões em financiamentos imobiliários em 2020 marcou um novo recorde histórico, superando o ano de 2014, de acordo com a Abecip. A alta nos pedidos de crédito pode ser relacionada às quedas nas taxas de juros, além da concessão a solicitações antigas.

De acordo com os dados da associação, o ritmo de crescimento nas concessões segue em 2021. Os financiamentos com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) chegaram à soma de R$ 12,45 bilhões em fevereiro – melhor resultado para o mês desde o início da série histórica, em 1994. O valor supera o registrado em janeiro em 1,3% e quase dobra, com alta de 95,3%, o resultado de fevereiro de 2020, quando foram financiados R$ 6,38 bilhões.

Apenas com os montantes somados de janeiro e fevereiro, 2021 já atingiu mais da metade do que o registrado em 2016 e 2017, com R$ 24,76 milhões, frente a R$ 46,61 milhões e R$ 43,15 milhões, respectivamente. Para Cristiane Portella, presidente da Abecip, “a queda nos custos de um financiamento de 11% na média de 2017 para os 6,9% atuais foi um fator crucial para o aumento das concessões em 2020 e a projeção de uma nova alta em 2021”.

A alta da taxa Selic e a piora nos indicadores da pandemia em março não assusta os especialistas da área, que seguem alinhados à projeção de crescimento.

 

Como solicitar crédito

 

O financiamento imobiliário serve para a compra, construção ou reforma de um imóvel, seja habitacional ou comercial. Para solicitá-lo, o cidadão deve, antes de tudo, consultar seu CPF, de modo a verificar qualquer possibilidade de impedimento ou dívidas em aberto, e, caso não tenha, ler atentamente as políticas praticadas pelas instituições financeiras de interesse.

Ter uma conta movimentada – que recebe pagamentos mensalmente, seja uma conta-salário ou não – no banco em que o financiamento será pedido também ajuda na avaliação de concessão de crédito. Depois de analisar taxas de juros e possibilidades de pagamento, o cidadão deve levar todos os documentos necessários para o pedido no banco. 



 

Notícias Relacionadas »
© 2021 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
contato@saladanoticia.com.br
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp