30/07/2021 às 16h08min - Atualizada em 30/07/2021 às 17h15min

Brasileiro cria rum inspirado em pirata inglês que navegou na costa brasileira

História de piratas contada de pai para filho foi inspiração para criação do Rum Cavendish

SALA DA NOTÍCIA Notícia Expressa
Em 1586, o pirata inglês Thomas Cavendish, que ganhou o apelido de “Corsário Elegante” pela aristocracia europeia, desembarcou pela primeira vez em Ilhabela, no litoral norte do Estado de São Paulo. Nesse período, a ilha pertencia à Coroa Portuguesa. Semanas após o seu desembarque, o ex-estudante de Cambridge (Inglaterra) e terceiro homem a circunavegar o mundo, incendiou duas cidades no Peru.

Cinco anos depois, ele voltou para Ilhabela, e no Natal de 1591, atacou a Vila de Santos e dominou o local até 03 de fevereiro do ano seguinte. Alguns acreditam que o pirata deixou um tesouro escondido na região, porém ninguém sabe dizer o local exato que ele foi deixado.

Essa história era contada com frequência para o fisioterapeuta e empreendedor Joseph Van Sebroeck, que cresceu fascinado pelo universo dos piratas, e principalmente, pela passagem de Thomas Cavendish. A família de Joseph é conhecida na região do litoral de São Paulo por ser uma família que faz parte da história de Ilhabela, já que ela possui um alambique na região há muito tempo. Foi então que Van Sebroeck decidiu homenagear Ilhabela e criou um rum batizado de Cavendish.

“O objetivo foi resgatar essa história de uma forma inusitada, através de uma bebida, então além do consumidor apreciar um rum nacional de qualidade, ele acaba enaltecendo a cultura local”, explica o empreendedor. A escolha da bebida não poderia ser outra, já que o rum costuma ser sempre associado aos piratas. Além disso, a mesma matéria prima utilizada na fabricação do rum também é utilizada na produção da cachaça: a cana-de-açúcar. A linha de produção e os processos são semelhantes ao da cachaça, são feitos apenas pequenos ajustes na linha de produção no período da entressafra da cana em que a fábrica fica parada e os produtores aproveitam para produzir o rum.

O produto 100% nacional possui notas aromáticas de banana, cana de açúcar e especiarias. O Cavendish é o segundo produto lançada pela Destilaria Dona Filó, alambique criado por Joseph com o objetivo de seguir o legado de seu pai, Etienne Van Sebroeck, quem em 1958, produzia cachaça em uma propriedade da família no litoral de São Paulo. “Queremos mudar essa percepção de que bebida boa é aquela produzida fora do país, por isso investimos em matéria-prima de qualidade, além da preocupação com o rótulo, em ser uma embalagem sofisticada e com uma ilustração que captura a atenção do consumidor”, diz Van Sebroeck.

Além disso, as bebidas são produzidas em perfeita harmonia com a natureza. Joseph cuida dos mínimos detalhes a fim de não agredir o meio ambiente e conta com a melhor assessoria ambiental da região.

A garrafa de 750 ml custa R$55, e pode ser adquirida através do e-commerce apreciador.com ou em bares da região.

Sobre o Cavendish
O Cavendish Rum foi desenvolvido por Joseph Van Sebroeck, de família proprietária de alambique na região de Ilhabela, e tem notas aromáticas de banana, cana de açúcar e especiarias.  A bebida é uma homenagem ao litoral de São Paulo, já que o nome é uma referência ao pirata inglês Thomas Cavendish, que fez história quando usou essa região como base por cinco anos. O rótulo é o segundo produto produzido pela Destilaria Dona Filó.
 
Notícias Relacionadas »
© 2021 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
contato@saladanoticia.com.br
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp