23/11/2023 às 17h10min - Atualizada em 23/11/2023 às 18h48min

Jogo-poema contemplado em chamamento do Itaú Cultural é lançado no metaverso

Palavralada dá seguimento à pesquisa do poeta Arthur Moura Campos sobre a intersecção entre poesia, arquitetura e jogos virtuais. O projeto busca fomentar ludicamente a forma de perceber a poesia, despertando novos olhares para os jogos e para a literatura.

Larissa Corrêa
Fábio H Mendes
No domingo, dia 26 de novembro, às 18h, o poeta e arquiteto Arthur Moura Campos lança, em live no seu Instagram (@arthur.moura.campos), o jogo-poema de ambiente social virtual interativo Palavralada. O projeto, que busca fomentar de forma lúdica a percepção da poesia e os olhares para os jogos e para a literatura, foi um dos quatro contemplados pelo chamamento realizado pelo Itaú Cultural entre julho e agosto do ano passado, voltado a ações de arte e cultura a serem realizadas no metaverso.

O jogo foi desenvolvido em parceria com a DIVE realities e pode ser acessado em www.diverealities.com/palavralada-game, tanto pelo computador e dispositivos móveis, quanto por óculos de realidade virtual. O trabalho conta com interpretação em Libras.

O projeto
Palavralada propõe um diálogo entre artistas, poetas, gamers, educadores, crianças e adolescentes, a partir da intersecção criativa entre literatura, arquitetura, jogos e realidade virtual. O jogo narra a história de um universo singular, no qual tudo é construído por palavras. Nele, a vida, que era marcada pelo movimento das letras, foi congelada por uma nuvem-nave, imobilizando essa pulsão e detendo o fluxo vital.

Nesse contexto, a proposta é que o jogador ajude a despertar esses cacos perdidos e a retome a energia, que, embora dispersa, ainda persiste nesse mundo. Para tanto, o usuário escolhe um avatar e, ao adentrar a atmosfera do espaço, vê uma plataforma flutuante em um cenário rodeado por cinco arquiteturas diferentes e com missões particulares.

Em cores, sons e formas próprias, cada uma das sílabas de palavralada nomeia as tarefas que compõem a experiência. Na seção “PA”, formas tridimensionais revelam letras ao serem rotacionadas, e seus contornos se revelam de acordo com o ângulo em que as letras são vistas pelo observador. Em “LA” – nos dois momentos em que aparece na palavra –, sílabas se desprendem das estrofes de um poema, mas, se forem encaixadas em uma posição significativa, reanimam o texto original.

Na seção “VRA”, o jogador encontra palavras girando em torno de alto-falantes, que devem ser acionados para que a frase seja reconstituída. Enfim, “DA” começa no topo de uma cachoeira, onde a pessoa insere uma frase, que cairá no fluxo da cascata e pode iniciar uma nova composição na lagoa ao fim do caminho d’água.

Sobre o artista
Arthur Moura Campos é natural de Goiânia (GO) e nascido no ano de 1993. Poeta e arquiteto pela Universidade de São Paulo (USP – 2019), fez intercâmbio estudando mandarim e paisagismo na cidade de Nanquim, na China, pelo Programa Ciência sem Fronteiras, entre 2013 e 2015. Suas principais atividades envolvem a literatura e seus campos expandidos.

Experimenta a poesia em diversas plataformas: livro, vídeo, gif, som, animação, art-game, objeto, cartaz e zine, entre outros. Tem vários livros publicados, sendo os mais recentes eucomeu (Ed. do Autor, 2023), Três pontos (Selo do Burro, Ed. do Autor, 2019) e SAÍDA (Selo do Burro, 2021). Em 2020, foi selecionado na convocatória Quarentena Projetada, da Mídia Ninja e Instituto Moreira Salles, e no Festival UP!.

Sobre o chamamento 
Entre julho e agosto de 2022, o Itaú Cultural, por meio do Observatório Itaú Cultural, abriu inscrições para projetos de arte e cultura a serem realizados no metaverso. O objetivo era apoiar e fomentar a expansão de espaços de criação artístico-cultural, mapear os trabalhos nesse campo e ampliar as discussões e reflexões sobre o tema.  
 
O chamamento foi direcionado a desenvolvedores, artistas, pesquisadores e produtores. Foram contemplados quatro projetos, vindos de diferentes estados: além de Palavralada, de Goiás, integram a seleção O Peregrino Digital, do maranhense Régis Oliveira, já lançado pelo Itaú Cultural; Deeper, do Olhares Instituto Cultural, de São Paulo; e Yura Xina – Centro do Conhecimento Yawanawa, da acreana Associação Cultural Yawanawa. 
 
SERVIÇO: 
Lançamento do jogo-poema Palavralada, contemplado no chamamento do Itaú Cultural para o metaverso
De Arthur Moura Campos
26 de novembro (domingo), às 18h
Em: @arthur.moura.campos
Jogo disponível em: www.diverealities.com/palavralada-game

Desenho de personagem de desenhos animados com texto preto sobre fundo branco

Descrição gerada automaticamente com confiança média 
 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Notícias Relacionadas »
© 2024 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp