23/11/2023 às 16h30min - Atualizada em 23/11/2023 às 19h33min

 Marketplaces do Banco do Brasil e do Inter usam marketing de afiliados para ampliar parcerias, gerar negócios e fidelizar clientes

Bancos nacionais, afiliados da Awin, destacam os benefícios da afiliação para diversificar parcerias com empresas, influenciadores e criadores de conteúdo para ganhar capilaridade nacional com o objetivo de expandir os negócios de seus e-commerces digitais para conquistar e fidelizar clientes 

Clezia Gomes
Awin

 

 

Os marketplace dos bancos brasileiros estão em um estágio de desenvolvimento incipiente, mas seu crescimento vem ocorrendo a um ritmo acelerado nos últimos anos. Em 2022, o volume de vendas de produtos e serviços não financeiros via aplicativos dos bancos nacionais atingiu R$ 20 bilhões, valor 50% superior ao ano anterior. Esse resultado tem sido impulsionado por fatores como a crescente digitalização da população brasileira, a busca das instituições por novas fontes de receitas e a expansão dos e-commerces.  

Os principais bancos já têm marketplaces em operação e os demais estão investindo fortemente no desenvolvimento dessas plataformas. O Banco do Brasil, por exemplo, lançou seu marketplace em novembro de 2021 e conta atualmente com mais de 130 parceiros. O banco digital Inter, por sua vez, é uma referência em termos de atuação com marketplace, com presença há 3 anos no segmento de marketplace e mais de 600 parceiros.  

Essa vertente de negócios permite às instituições financeiras oferecerem uma ampla gama de produtos e serviços, incluindo eletrônicos, eletrodomésticos, moda, beleza, saúde, turismo e entretenimento, abrem espaço para parcerias importantes com o mercado corporativo e para expansão internacional. Além disso, muitos desses mercados digitais oferecem benefícios exclusivos para os clientes, como cashback – como forma de recompensar os clientes pelas compras e de fidelização, frete grátis e parcelamento em até 12 vezes, entre outros.
Mas como todo bom negócio, os marketplaces trazem também desafios para os bancos que, sem grande experiência na área, precisam competir com nomes consagrados do setor como Amazon e Mercado Livre, têm a necessidade de integração com os sistemas dos parceiros e de conciliação com a regulação do setor. “É um negócio muito promisso, cuja tendência é continuar crescendo e se tornar uma parte muito relevante das fontes de receitas dos bancos”, acredita Marcos Souza, Head de Conteúdo da Awin Brasil.

 

Para enfrentar o desafio de integração com os sistemas dos parceiros, os bancos podem contar com o apoio das empresas de marketing de afiliados, como a Awin. Isto porque ao acessarem a plataforma da Awin encontram uma grande diversidade de anunciantes e marcas para auxiliá-los a ampliar o portfólio de produtos e serviços a serem oferecidos em seus marketplaces. Além disso, acham também mídias, influenciadores e criadores de conteúdos afiliados para ajudá-los na criação e divulgação de campanhas digitais estratégicas, amplas ou nichadas, para chamar a atenção de seus clientes, motivar seu engajamento (desde o primeiro até o último clique), ou seja, acompanhar toda a jornada de compra. “O marketing de afiliados ajuda os bancos a alcançarem um público-alvo maior do que seria possível com seus próprios canais de marketing, a gerar leads qualificados para os marketplaces e, por consequência, a aumentar as vendas”, ressalta Souza.   

Entrar no universo dos marketplaces foi um desafio para os grandes bancos, como o Banco do Brasil, onde tradicionalmente tinha muito desenvolvimento próprio na área de TI. “Nós temos muitos sistemas legados e existe um desafio muito grande de integração. Neste contexto, a nossa parceria com a Awin foi essencial para acelerar a evolução do nosso marketplace”, afirma Jean Martinelli, gerente executivo de Inovação Aberta do Banco do Brasil e responsável pelo Shopping BB, o marketplace do banco.  De acordo com ele, o modelo de afiliados foi fundamental para atender aos desejos e necessidades dos diversos perfis de clientes presentes nas diferentes geografias do País, ajudando o BB a entender o comportamento de consumo dos seus clientes e refinar seus modelos analíticos. “Pensamos em inovação o tempo todo e em como oferecer as soluções mais adequadas no dia a dia dos nossos clientes. Buscamos conquistar share of life: queremos ser próximos e relevantes na vida das pessoas em todos os momentos” conta o executivo do Banco do Brasil.  

Allan Lemos, gerente executivo de Marketplace do Inter (inter Shop) concorda: “hoje, é fundamental estar presente no ecossistema da vida dos clientes e a parceria com afiliados nos ajuda a ter capilaridade e a oferecer variedade de produtos, lojas e serviços para isto. Para ser bem-sucedido, um marketplace deve oferecer uma variação significativa de lojas, produtos e serviços, assim como sua base de clientes. Oferecemos aos clientes como vantagem adicional a segurança e a credibilidade de uma instituição financeira robusta e confiável, com credibilidade no mercado.”   

Segundo Lemos, um dos benefícios dos bancos ao ter um marketplace é a possibilidade de estreitar o relacionamento com seus clientes. “Com o marketplace, temos a possibilidade de impactar o cliente durante toda sua jornada de consumo mantendo uma relação constante, satisfatória e saudável, colhendo uma série de informações valiosas para gerar futuros negócios, como vendas cross de novos produtos e serviços financeiros”, informa o executivo do Inter. Por esta razão, é essencial contar com uma plataforma marketing de afiliados confiável e inovadora, que propicie as melhores parcerias e a realização de campanhas digitais customizadas para divulgar os produtos e serviços oferecidos no marketplace.   

“O marketing de afiliados nos permite ter acesso às melhores lojas de todos os segmentos do mercado, ter transparência nos processos de relacionamento com anunciantes, influenciadores e criadores de conteúdo e acompanhar toda a jornada de compra, com confiança e segurança, fatores essenciais para os bancos, pois precisamos oferecer a melhor experiência de compra e pós compra para nossos clientes e parceiros fortalecendo o marketplace como um todo, o objetivo é manter e superar as expectativas dos nossos clientes fortalecendo a credibilidade dos nossos negócios”, explica Lemos.  

Segundo Lemos, um dos benefícios dos bancos ao ter um marketplace é a possibilidade de estreitar o relacionamento com seus clientes. “Com o marketplace, temos a possibilidade de impactar o cliente durante toda sua jornada de consumo mantendo uma relação constante, satisfatória e saudável, colhendo uma série de informações valiosas para gerar futuros negócios, como vendas cross de novos produtos e serviços financeiros”, informa o executivo do Inter. Por esta razão, é essencial contar com uma plataforma marketing de afiliados confiável e inovadora, que propicie as melhores parcerias e a realização de campanhas digitais customizadas para divulgar os produtos e serviços oferecidos no marketplace.   

“O marketing de afiliados nos permite ter acesso às melhores lojas de todos os segmentos do mercado, ter transparência nos processos de relacionamento com anunciantes, influenciadores e criadores de conteúdo e acompanhar toda a jornada de compra, com confiança e segurança, fatores essenciais para os bancos, pois precisamos oferecer a melhor experiência de compra e pós compra para nossos clientes e parceiros fortalecendo o marketplace como um todo, o objetivo é manter e superar as expectativas dos nossos clientes fortalecendo a credibilidade dos nossos negócios”, explica Lemos.  

Martinelli adiciona que toda corporação que detém a principalidade do relacionamento com seus clientes tem a vocação natural para ser um ecossistema de soluções e o destino principal para suas transações cotidianas, financeiras e não financeiras. “Um dos grandes desafios dos marketplaces é oferecer uma jornada fluida e integrada de todas as soluções disponíveis na plataforma. Por isso, é essencial que os parceiros, afiliados e anunciantes, possuam uma oferta de produtos e serviços de qualidade, condições comerciais e benefícios justos e um pós-venda de excelência”, conclui o executivo do Banco do Brasil.  

Sobre a Awin  

Com vinte anos de experiência, nossa rede oferece uma comunidade global de pessoas, tecnologia e inteligência empresarial. Não importa que tipo de parceiro, nível de serviço ou ferramentas sua empresa precisa, a Awin fornece soluções para impulsionar o crescimento sustentável. Parte dos Grupos Axel Springer e United Internet, com ShareASale e Commission Factory, a rede global de afiliados da Awin é composta por 15 escritórios em todo o mundo, mais de 1.000 funcionários, 211.000 afiliados contribuintes e 15.200 anunciantes. Conectando empresas com clientes em todo o mundo nos setores de varejo, telecomunicações, viagens e finanças, a Awin gerou 11,1 bilhões de euros de receita para seus anunciantes e 818 milhões de euros para seus afiliados no último ano fiscal.

 

Contatos para a imprensa:

Ink Comunicação 

Clezia Martins Gomes / [email protected] / (11) 99112-6942

Guilherme Russo / [email protected]


Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Notícias Relacionadas »
© 2024 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp