27/11/2023 às 16h24min - Atualizada em 27/11/2023 às 23h12min

Com aumento na demanda, franquia produz mais de 20 mil salgados por hora

Fábrica da Zé Coxinha aumenta produção e detalha seu processo de confecção

Divulgação Lucky Assessoria
Zé Coxinha

A franquia Zé Coxinha se destaca no mercado não apenas pelo sabor de seus salgados, mas também pela abordagem em sua produção, que preza pela ausência de conservantes em todos os produtos. Pioneira no conceito “salgados in box e no copo”, neste ano apresentou um crescimento de 20% na produção em todas as três linhas de fabricação da marca. Esses números são o resultado da expansão da rede, que inaugurou 3 unidades só nos últimos três meses.

Produzindo mais de 20 mil salgados por hora, o processo que ocorre na fábrica da Zé Coxinha, localizada em Serra, no Espírito Santo, inicia-se com uma minuciosa seleção das matérias-primas utilizadas. Os fornecedores passam por rigorosos testes antes de serem homologados e validados para o processo. Nessa triagem estão incluídos players influentes, tanto no cenário local quanto nacional, que asseguram o padrão de qualidade nos produtos entregues aos franqueados.

“O franqueado recebe o produto pronto, necessitando apenas fritar. Esse controle é muito importante, pois a temperatura e tipo de gordura utilizados têm que ser igual para todos, garantindo a textura e crocância de cada item”, conta Paulo Mello, CEO da marca.

Todos os dias são usados mais de uma tonelada de farinha e 600 quilos de frango.  A média diária atual é de 2.310 kg de produtos, enquanto a produção mensal gira em torno de 28.700 kg.

A confecção dos doces da Zé Coxinha é realizada uma vez por semana e as quantidades médias produzidas semanalmente chegam a 2100 brigadeiros, 25 caixas de bolo e 50 pacotes de churros. Hoje, a fábrica ocupa uma área superior a 1.000 m² e conta com 22 colaboradores diretos.

Para 2024, a expectativa é aumentar 40% nas vendas e, automaticamente, na produção. “O objetivo é inaugurar 50 novas franquias nos estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. A partir daí, seguir para outras regiões”, afirma Paulo. “Com um crescimento planejado, conseguimos manter as características originais de nossos alimentos, garantindo que cheguem deliciosos ao público final”, completa o CEO.

Sobre Zé coxinha

Franquia de fast-food, pioneira em vender salgadinhos em caixa e também no copo. O cardápio é composto por salgados assados e fritos, além de ter doces e bolo. Os produtos têm preços acessíveis e servem para diferentes tipos de situações. Desde o início da franquia, em 2011, a marca está em constante crescimento. Hoje, conta com 41 lojas na região sudeste do Brasil, com investimento inicial de R$120 mil e faturamento médio mensal a partir de R$48 mil. Saiba mais em: https://zecoxinha.com.br/


Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Notícias Relacionadas »
© 2024 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp