01/12/2023 às 10h55min - Atualizada em 01/12/2023 às 15h12min

Por que a IA generativa é o ingrediente secreto para acelerar a tomada de decisões baseada em dados?

https://www.alteryx.com/pt-br
Alteryx
Divulgação
Por Marta Clark, vice-presidente para a América Latina da Alteryx

Quase no final de 2023 é difícil definir como este ano ficará na história. Incerteza, disrupção, inovação, diferenciação? A 'IA' é apenas exagero ou estamos à beira de um momento crítico? Com o atual ambiente empresarial ainda inundado de riscos e incertezas, não conheço muitos executivos dispostos a confiar nos seus instintos para superar os desafios que as empresas atuais enfrentam. A maioria está procurando maneiras mais rápidas de tomar decisões baseadas em dados com rapidez, obter os insights necessários para enxergar além das curvas e navegar em um curso mais seguro.

Hoje, em todo o mundo, estamos no meio de um movimento. A revolução dos dados deu lugar ao movimento analítico. Por que de que servem os seus dados se você não os analisa e usa para tomar melhores decisões? E quando você perceber que precisa, como fazer isso em grande escala? Os insights baseados em dados estão remodelando os resultados exatamente quando os líderes empresariais mais precisam deles. Mas não é uma tarefa trivial, especialmente para grandes empresas multinacionais. É uma jornada que muitos estão lutando para acelerar.

Aproveitando a maturidade analítica
O que está atrasando esta jornada rumo a decisões baseadas em insights? De acordo com uma pesquisa recente encomendada pela Alteryx sobre o estado atual da tomada de decisões em empresas globais, o compartilhamento de dados traz benefícios claros para a tomada de decisões inteligentes em grande escala, mas alguns líderes empresariais ainda estão hesitantes. Embora 80% tenham afirmado que a capacidade de aceder e analisar dados tem um impacto positivo na sua tomada de decisões, 65% dos inquiridos não consideram que os funcionários que tomam decisões para a organização devam ter acesso aos dados para a tomada de decisões.

Priorizar a tomada de decisões baseada em insights é vital para o crescimento num clima macro turbulento. No entanto, os líderes empresariais não podem usar uma varinha mágica e adicionar centenas de engenheiros e especialistas de dados ou criar uma equipe de ciência de dados do nada. Mesmo que pudessem, esses cientistas de dados não teriam o conhecimento empresarial específico necessário em cada área da empresa para fornecer insights com rapidez. Eles não construíram uma carreira gerenciando cadeias de suprimentos nem sabem como ser grandes contadores ou orquestrar operações de RH. Mas há pessoas que fazem isso. Como colocamos os dados corretos em suas mãos?

É imperativo que as empresas forneçam acesso aos dados corretos, equipem os tomadores de decisão especializados no domínio com tecnologia acessível e capacitem-nos para tomar decisões baseadas em insights em toda a organização. A maioria dos entrevistados (61%) da nossa pesquisa confirma isso – citando tecnologias avançadas, como análise, inteligência de negócios e inteligência artificial, que proporcionam tomadas de decisão mais rápidas.

Passando de insights para impacto ainda mais rapidamente
 
Sentindo-se pressionados por todos os lados, os líderes empresariais e os decisores devem passar da era dos dados para a era da inteligência. Confrontados com o paradoxo de fazer mais com menos, precisam de descobrir como acelerar o processo de obtenção dos insights necessários e de tomar decisões a partir deste mar de dados.

As tecnologias de IA generativa podem proporcionar isso em todos os níveis e, para os líderes empresariais com quem estou conversando, investigar esta área é uma prioridade máxima. De acordo com a Forrester, "Empresas de todos os setores e níveis de maturidade estão encontrando oportunidades para implementar IA". Da mineração de texto à extração de dados em PDF e ao Processamento de Linguagem Natural (PNL), a IA generativa e os Grandes Modelos de Linguagem estão reduzindo as barreiras à entrada, capacitando todos a fazer perguntas analíticas e quebrar silos para envolver a imaginação do mundo na forma como entendemos os dados.

Inegavelmente atraente, a IA está agora também cada vez mais acessível, em grande parte graças a plataformas inovadoras que podem automatizar a preparação de dados importantes e processos analíticos. Mas embora a IA tenha se tornado verdadeiramente viável, é quando você coloca a IA acessível nas mãos dos funcionários e capacita usuários não técnicos para criar e automatizar processos sem a necessidade de escrever código que ela se torna verdadeiramente valiosa para os negócios. Por exemplo, o eBay utilizou o Alteryx Analytics Cloud para treinar 50 funcionários não técnicos para usar IA e construir modelos de aprendizado de máquina. Um trainee viu uma oportunidade de melhorar a funcionalidade do processo de feedback de checkout do eBay. Usando a plataforma Alteryx, ela construiu um modelo para determinar problemas e prever soluções antes mesmo de os humanos intervirem.
 
À medida que combinamos tecnologias generativas de IA na pilha de análise, observamos o surgimento do que chamamos de análise multimodal – permitindo que tomadores de decisão, analistas, cientistas de dados e desenvolvedores colaborem e desenvolvam insights analíticos em tempo real. Seja por meio de fluxos de trabalho sem código e amigáveis, prompts de bate-papo ou Python e SQL, cada um pode aproveitar sua ferramenta preferida porque tudo isso pode ser traduzido ao vivo, por IA generativa, em uma única solução analítica. Uma solução que:
• Melhora o tempo de obtenção de valor, reduzindo o tempo necessário para obter insights a partir dos dados.
• Reduz processos manuais repetitivos, automatizando tarefas de criação de conteúdo para melhorar a eficiência operacional.
• Automatiza tarefas de documentação de governança usando tecnologia de IA generativa, garantindo resultados consistentes e precisos em escala.

Na última década, vimos o volume de dados disponíveis para os tomadores de decisão crescer exponencialmente. Nesta era da inteligência, não se trata mais de quantos dados uma empresa pode gerar, mas de como ela os utiliza e de saber fazer as perguntas certas para obter as respostas certas. Embora os líderes empresariais experientes tenham aproveitado a análise para gerar valor real e tangível, a IA generativa introduz formas novas, intuitivas e atraentes para todos se envolverem com a análise, ao mesmo tempo que aceleram os insights analíticos e a colaboração em toda a empresa.

Tenho visto muitos ciclos tecnológicos e tendências de negócios irem e virem. Apesar de todo o barulho sobre as novas tecnologias possibilitadas pela IA dominando as manchetes, estamos numa época de resultados impulsionados pela tecnologia, alimentados por dados e impulsionados pela inteligência humana. Estamos em uma época em que a IA generativa encontra análises confiáveis e acessíveis, capacitando todos a passar dos insights ao impacto com mais rapidez. Permitir que os tomadores de decisão apliquem seu potencial criativo para obter insights transformadores.

Capacitar o usuário empresarial, o contador, o analista da cadeia de suprimentos, o analista de merchandising para resolver desafios críticos de maneiras novas e eficazes. Possibilitar resultados analíticos que reduzem o tempo de obtenção de valor, colocando o poder de uma melhor tomada de decisões ao alcance de todos.

 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Notícias Relacionadas »
© 2024 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp