05/02/2024 às 19h01min - Atualizada em 06/02/2024 às 20h01min

Fernanda e Raquele dão aula de confeitaria no BIg Brother

Chef patissier e Cake Designer Andrea Avelar analisa as dicas das sisters

Mayara Rodrigues
Reprodução GShow

Seguindo a tradição, os acontecimentos da casa mais vigiada do Brasil, geram movimentação no jogo e aqui fora. O assunto da vez é a aula de confeitaria que as sisters Fernanda e Raquel deram na cozinha do VIP.  No último final de semana, as participantes prepararam um bolo que virou assunto em todas as redes sociais. 

De acordo com a chef patissier e Cake Designer Andrea Avelar, esse tipo de conteúdo é muito importante para mostrar que a confeitaria é acessível e com os truques certos é possível preparar diversos pratos “Dentro da casa os participantes não têm acesso a todos os ingredientes e ferramentas, mas mesmo assim elas conseguiram preparar pratos bonitos e que foram um sucesso na casa”. 

Uma das dicas dadas por Fernanda é em relação a preparação da massa de bolo. “Muita gente acredita que o bolo fica solado por conta do forno, e esse pode ser sim um fator, mas a hora de bater a massa é essencial para que dê certo. Apesar de usarmos o termo bater, no preparo de um bolo a ideia é apenas incorporar os ingredientes”, explica a chef. 

“Para um bolo fofinho precisamos de uma massa com bastante ar, se a massa for batida por muito tempo esse ar é eliminado e o bolo pode ficar solado. Um outro fator é o desenvolvimento do glúten, que em um bolo não é necessário, mas acontece se a massa for trabalhada por muito tempo”, complementa Andrea. 

Os ovos, farinha e açúcar estão presentes em quase todas as receitas, mas o modo de preparo altera a estrutura e o tipo de bolo. A clássica leveza do Pão de Ló, por exemplo, se deve ao ar incorporado nos ovos, que são misturados com os ingredientes secos peneirados. 

Segundo a chef, cada massa tem uma finalidade na confeitaria e é preciso se atentar a isso. “O Pão de Ló é uma massa aerada, que deve ser acompanhada por recheios leves; A Genoise é da mesma família, com um pouco mais de elasticidade, opção perfeita para rocamboles”.

Nos bolos recheados e decorados, a indicação da chef é a utilização de massas mais estruturadas como a amanteigada e a chiffon. A segunda foi a utilizada pelas sisters na casa, elas optaram por um recheio de brigadeiro e cobertura de caramelo cremoso. 

Na preparação da cobertura, as sisters comentaram sobre a substituição da manteiga por margarina, um assunto polêmico na confeitaria. “Realmente a manteiga é o ingrediente queridinho dos chefs confeiteiros, mas para os preparos em casa ou na falta da manteiga é possível sim fazer a substituição. Essa troca pode influenciar no sabor e textura, mas funciona sim”, finaliza a chef. 


 
Notícias Relacionadas »
© 2024 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp