25/05/2024 às 13h43min - Atualizada em 27/05/2024 às 22h24min

Festival do Inusitado promove cultura e transformação nas comunidades periféricas

Evento contará com uma programação que inclui arte visual, música, poesia e diversas outras manifestações culturais.

MARIANA MASCARENHAS
Museu do Inusitado e Sabris
Nos dias 26 e 27 de maio, o Museu do Inusitado, em São Paulo, promove o 2º Festival do Inusitado, realizado no Jardim Capelinha. Este evento cultural celebra a arte e a cultura das periferias, oferecendo uma rica programação que inclui arte visual, música, poesia e diversas outras manifestações culturais.

Os participantes poderão desfrutar de uma horta comunitária, piquenique literário, batalha de rap, a realização de obras de grafitti feitas por vários artistas (grafitaço), e a apresentação da banda sinfônica de crianças da EMEF Zacaria, com a presença de 45 grafiteiros, 40 músicos, DJs e colaboradores. No dia 27, ainda haverá exames de saúde como medição de pressão e glicose, além de atendimento psicológico e jurídico, promovido pelo Centro de Referência de Promoção da Igualdade Racial Sul (CRPIR Sul). O evento foi aberto no dia 5 de maio, com um festival de rap realizado por vários artistas e agora segue sua programação nos dias 26 e 27 do mesmo mês.

Localizado entre os bairros Capão Redondo e Jardim São Luís, o Museu do Inusitado é um espaço dedicado à promoção e valorização da cultura da periferia. Fundado com a missão de ser um verdadeiro ateliê artístico, o museu busca proporcionar momentos de troca e aprendizagem, pautados na tradição, oralidade e ancestralidade. 

Depoimento dos organizadores e artistas

Lucas Souza Santos, conhecido como Lucker, expressa a importância do festival: "Como sou nascido e criado no JD. Capelinha e por ser de uma família que acompanhou toda a trajetória do bairro desde o começo, sabemos da importância da cultura, lazer e principalmente da Educação. Acreditando sempre nos 4 elementos do Hip-Hop, pensamos em dar continuidade em uma festa diversificada, com muita música, graffiti, scratch e performances."

Erik Vinicius Pereira de Araújo, o Kire, reforça a missão do evento: "Estamos unindo artistas da região, muitos com dificuldades de articulação e sem condições de fazer apresentações e produções. Buscamos fortalecer essas pessoas e ajudar a profissionalizar suas carreiras."

Luis Vitor, fundador do Museu do Inusitado, compartilha sua visão: "Nossa meta é mudar a realidade do bairro através da arte e da cultura. Acreditamos que ações contínuas e a força da comunidade podem diminuir a criminalidade e ajudar na redução de danos, como o problema de alagamento, que assola a região há mais de 40 anos”.

Notórios Buga, um rapper atuante na comunidade, destaca a importância do apoio mútuo: “É muito importante essas ações em nossas regiões, pois traz à tona visões de melhora tanto para os envolvidos como para o espectador que muitas vezes é carente de cultura, Lazer, conhecimento, direitos e deveres”.

Erik Vinicius Pereira de Araújo, o Kire, reforça a missão do evento: "Estamos unindo artistas da região, muitos com dificuldades de articulação e sem condições de fazer apresentações e produções. Buscamos fortalecer essas pessoas e ajudar a profissionalizar suas carreiras."

Essas iniciativas culturais são cruciais para as comunidades periféricas, oferecendo não apenas entretenimento, mas também educação e conscientização. Elas promovem a inclusão, dão voz a novos talentos e inspiram mudanças positivas, fortalecendo o tecido social.

O festival também enfatiza o respeito e a igualdade, independentemente de gênero ou escolha social, promovendo um ambiente acolhedor e inclusivo.

PROGRAMAÇÃO:
Dia 26/05
10:00: Grafitaço no Museu
14:00 - 14:30: Horário de Organização
14:40 - 15:10: Gonçalves ZS
15:20 - 15:50: Amarelo Ouro MC
16:00 - 16:30: MSK
16:40 - 17:10: Notórios Buga
17:20 - 17:50: ManoPx
18:00 - 18:30: VersatiMob
18:40 - 19:10: MemaFita
19:20 - 19:50: Yque/Made In Lisa
20:00 - 20:30: Mano Android
20:40 - 21:10: Mano Aranha
21:20 - 21:50: UPrince

Dia 27/05
10:00 - 11:00 Horta Comunitário
13:00 - 14:00: Banda Sinfônica Fanfazaca
14:00 - 15:00: Piquenique Literário
15:00 - 15:45: Trovador
16:00 - 16:45: Bia & Dimitryus
17:00 - 17:45: FKG

Neste dia acontecerão atendimentos jurídico, psicológico e a realização de exames como medição de pressão e glicose.

LOCAL:
Rua Canuto Luiz do Nascimento, próximo ao número 175, Jd. Capelinha.

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
MARIANA DA CRUZ MASCARENHAS
[email protected]


Notícias Relacionadas »
© 2024 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp