27/05/2024 às 14h50min - Atualizada em 27/05/2024 às 22h25min

Sem sobrar demais ou faltar: aprenda a calcular a quantidade certa de revestimento para pisos e paredes

Para não errar, a Roca Brasil Cerámica compartilha orientações que ajudam na decisão dessa etapa tão importante

FILIPE MARTINS
Roca Brasil Cerámica

O projeto arquitetônico está pronto, o modelo do revestimento para pisos e paredes foi escolhido, mas resta a dúvida: qual deve ser a quantidade a ser comprada no ponto de venda? Muitas vezes essa pergunta acompanha o especificador ou o próprio consumidor, que muitas vezes deixam nas mãos do vendedor o cálculo do volume a ser comprado.  

 

Fabricante das marcas de revestimentos Roca Cerámica e Incepa, a Roca Brasil Cerámica sabe que a informação sobre como calcular a quantidade de revestimentos é essencial para não levar para a obra nem a mais, nem a menos| Imagem: Divulgação Roca Cerámica
 

Mas que tal chegar na loja com essa informação na ponta do lápis? À frente das marcas Roca Cerámica e Incepa, a Roca Brasil Cerámica, empresa do Grupo Mexicano LAMOSA, reconhece essa incerteza vivida por quem vai fechar a compra. “Esse receio de estimar o volume errado faz todo sentido, pois ninguém quer correr o risco de levar a menos ou um número bem acima de caixas necessárias para o assentamento no local”, avalia Christie Silva Schulka, Marketing Manager da Roca Brasil Cerâmica. 

A empresa preparou um conteúdo assertivo para quem se encontra nessa fase da obra. Acompanhe!
 

Cálculo do revestimento para paredes

 

No frontão da cozinha, a aplicação da Série Calacata Light, da Roca Cerámica, que reproduz fielmente a estética da pedra natural na versão hexagonal de 20 x 23 cm e espessura de 7mm| Imagem: divulgação Roca Cerámica
 

A Roca Brasil Cerámica explica que a estimativa do material começa com a clássica operação aritmética que compreende a largura x a altura de cada parede do ambiente. Com essa m², o próximo passo é medir as áreas referentes aos vãos das janelas e portas para subtrair do número inicial. 

Importante: adicionar a margem de segurança, entre 5 e 10%, do volume calculado.
Exemplo de um cálculo prático de paredes: 
Dormitório com 4 paredes de 2 m de largura, e pé direto de 2,5 m. 

Da Série Alpe, lançamento da Roca Cerámica em 2024, a expressão do mármore Calacata Bianco disponíveis nos acabamentos Polido e Mate, tanto nos Superformatos (120 x 120 cm e 160 x 160 cm) como nos tradicionais tamanhos de 90 x 90 cm e 60 x 120 cm| Imagem: Divulgação Roca Cerámica 

Perímetro total: 4 × 2 m (total de paredes multiplicado pela largura) = 8m
Área total: 8 x 2,5 m (perímetro x pé direito) = 20 m² 

Vãos: porta – 0,8 x 2 m*= 1,6m² | janela: 1 x 0,5 m* = 0,5m²
Somatória das áreas: 1,6 m² + 0,5 m² = 2,10 m² 

*largura x altura
Subtração da área total com os vãos: 20 m² - 2,10 m² = 17,9 m²
Levando em conta a margem de 10%: 17,9 m² + 1,79 m² = 19,69 m² de revestimento
 

Cálculo do revestimento para pisos

No piso, a aplicação da Série Urbano, lançamento 2024 da Incepa, na versão Superformato 120 x 120 cm e acabamento acetinado perfeito para áreas internas. A peça revela a textura do cimento em nuances neutras, uniformes e com pouca variação de desenho entre as placas | Imagem: Divulgação Incepa
 

Calcular o total de revestimento para pisos é bastante simples e deve levar em conta o formato do ambiente. Para áreas retangulares, basta multiplicar o comprimento pela largura do ambiente, tendo assim a área total que se deseja revestir.   

Em seguida, deve-se proceder do mesmo modo com a peça escolhida para aplicação, como as 90 x 90 cm e 0,60 x 1,20 cm, entre outras dimensões, encontradas nas linhas da Roca Cerámica e Incepa. O passo final é dividir a m² do ambiente pela m² do revestimento para elaborar o quantitativo necessário para a instalação no ambiente. 

Margem de segurança para áreas retangulares: nos formatos de até 90 x 90 cm, recomenda-se um adicional de 5% a 10% da área total a ser revestida. Já para Superformatos Roca (120 x 120 cm | 100 x 200 cm | 120 x 250 cm | 160 x 160 cm e 160 x 320 cm) e Incepa (120 x 120 cm), o ideal é considerar entre 3 e 6 peças sobressalentes.  Para a medição em ambientes integrados, a recomendação da Roca Brasil Cerámica é realizar a divisão em áreas menores para a obtenção das medidas individuais que, por sua vez, serão somadas posteriormente. 

No caso de áreas não tradicionais como um triângulo, a medição é feita através da multiplicação do comprimento e largura, que depois será dividida por 2. Tendo em mente que essa forma implica em um volume maior de recortes ou perdas, é sugerido um acréscimo entre 10 a 15% no total de peças compradas. 

Para efetuar o cálculo em número de caixas de revestimento a serem compradas, basta dividir a área total que se deseja revestir pelo m² indicada na caixa do produto, lembrando sempre de considerar o percentual de segurança recomendado. 

Atenção: Ao dividir a área total do cômodo pelo tamanho do revestimento, deve-se acrescentar a e realizar o arredondamento do número exato de peças.

Rodapés

Após computar a área do piso, a Roca Brasil Cerámica indica que não se pode esquecer do rodapé, elemento com altura de 10 e 15 cm e que protege a parede contra a umidade.  

É importante que o tamanho do rodapé e do porcelanato sejam compatíveis para resultar em uma conta exata. Por exemplo: se o rodapé tiver 10 cm de altura e o revestimento 60 cm, será possível cortar 6 rodapés e, no caso de 15 cm, 4. Entretanto, quando não há essa coerência, pode haver um desperdício de material no corte.  

Atenção: também vale a margem de 10% como forma de garantir tranquilidade durante a execução da obra.

Atenção com as unidades de medida 

Considerando que o padrão das medidas é em metro, revestimentos como os de 90 x 90 cm devem ter suas dimensões convertidas: 0,90 x 0,90 m.
 

Sobre a Roca Brasil Cerámica 

A Roca Brasil Cerámica, à frente das marcas de revestimentos Roca e Incepa, pertence ao Grupo LAMOSA, empresa mexicana de atuação mundial na fabricação e comercialização de revestimentos cerâmicos e adesivos. Com a aquisição, em 2021, passou a integrar uma história de mais de 130 anos na indústria de materiais de construção, com 33 centros de produção distribuídos em 9 países nas Américas e na Europa. Soma-se também a força do Grupo LAMOSA, que ocupa a posição de líder nos mercados em que participa, sendo o segundo maior fabricante mundial de revestimentos cerâmicos com uma capacidade instalada anual de mais de 280 milhões de m².  

Inovação, tecnologia de ponta, alto padrão de qualidade, que se traduz na satisfação total dos nossos clientes, e visão de futuro, aliada com responsabilidade ambiental, norteiam o DNA da Roca Brasil Cerámica e a consolida com a robustez de empresa global reconhecida como referência entre as maiores fabricantes de revestimentos cerâmicos do mundo.  

O constante investimento em tecnologia a permite entregar um robusto portfólio que segue as tendências da arquitetura e construção em total conformidade técnica. Marcada por seu pioneirismo e uma visão que projeta o futuro, em 2016 tornou-se a primeira empresa das Américas a adquirir sua primeira supercompactadora Contínua+. Somada ao conhecimento do seu time de desenvolvimento, em 2018 abriu o mercado de Superformatos com revestimentos nas dimensões de 120 x 120 cm, e a partir de 2020 nos tamanhos 100 x 200 cm e 120 x 250 cm, uma verdadeira revolução na indústria cerâmica e no mercado da arquitetura e construção. 

Em 2022, saiu à frente mais um marco histórico: a compra de sua segunda supercompactadora – com o início da operação no segundo semestre de 2023 –, alcançando o status de única empresa das Américas com o segundo equipamento. Esse olhar precursor permitiu ampliar as linhas de Superformatos com as medidas de 160 x 160 cm e 160 x 320 cm, capazes de atender, além das obras, o segmento moveleiro.    

Sustentabilidade: seu compromisso com o meio ambiente segue alinhado com os processos produtivos: em 2019, tornou-se a primeira indústria nacional de revestimentos cerâmicos a investir na Análise do Ciclo de Vida (ACV), estudo que monitora os impactos de sua produção. Entre as melhorias conquistadas com esse trabalho, entre os anos de 2021 e 2022, estão a redução do consumo de água por m² em 3%; diminuição do consumo de energia em 5%; destinação de 95% dos resíduos gerados nas fábricas para fins nobres (reuso ou reciclagem); extinção do coque de petróleo sendo substituído pela biomassa, um combustível renovável.  

www.rocaceramica.com.br
www.incepa.com.br
www.grupolamosa.com  

@rocaceramicabr | @incepabrasil    

Showroom Roca Brasil Cerámica 
Av. Padre Natal Pigato, 974 
Vila Delurdes, Campo Largo 
tel. (41) 3391-1430 
 

Mais informações para a imprensa 
dc33 Comunicação  

Filipe Martins – [email protected] 
Glaucia Ferreira – [email protected]
Danilo Costa – [email protected]


Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
ISABELLA OKUYAMA ROMERO
[email protected]


Notícias Relacionadas »
© 2024 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp