03/06/2024 às 18h29min - Atualizada em 04/06/2024 às 02h27min

Com a chegada dos dias mais frios entenda o que avaliar antes de comprar uma torneira elétrica

Acessório é aliado no inverno e traz benefícios na rotina da cozinha

Máxima Assessoria de Imprensa
LUCIANA VITALE FERRAZ DE CARVALHO
Shutterstock

Com a chegada do inverno, a necessidade de soluções práticas e eficientes para enfrentar o frio aumenta significativamente. Uma das alternativas que ajudam na rotina das pessoas na cozinha é a torneira elétrica. Este acessório oferece conforto ao disponibilizar água quente instantaneamente, como também contribui para a economia de energia e água.

A torneira elétrica é projetada para aquecer a água de forma rápida e eficiente, proporcionando um fluxo contínuo de água quente, ideal para lavar louças e preparar alimentos sem a necessidade de aquecer a água de forma tradicional. Além do conforto térmico, alguns modelos permitem regulagem da temperatura, o que ajuda a evitar desperdícios.

Entre as vantagens de optar pela torneira elétrica está também a economia de energia, pois a água é aquecida apenas quando necessário, ao contrário dos sistemas de aquecimento central, que mantêm grandes volumes de água aquecida o tempo todo.

“Ao escolher uma torneira elétrica é fundamental considerar alguns fatores para garantir uma compra eficiente e segura porque existem diversos modelos e funções disponíveis no mercado. Primeiramente, é importante verificar a compatibilidade com a rede elétrica e hidráulica de sua residência. A potência e a voltagem da torneira devem corresponder à capacidade elétrica disponível para evitar sobrecargas”, explica Rafael Sales, gerente da Copafer, empresa referência no fornecimento de materiais de construção há mais de 50 anos, com um portfólio de mais de 80 mil produtos.

Outro aspecto importante é a certificação do Inmetro. Este selo assegura que o produto atende aos padrões de segurança e qualidade exigidos no Brasil, reduzindo riscos de acidentes e garantindo um desempenho eficiente.
Existem vários tipos de torneira elétrica para cozinha, com diferentes potências, voltagens, formatos e acabamentos.

Entre os principais modelos estão:

De parede: Fixadas diretamente na parede, ideais para cozinhas com pouco espaço de bancada.
De bancada: Instaladas na superfície da pia, oferecendo maior flexibilidade de uso.
Bica móvel e fixa: Modelos com bica móvel permitem direcionar o fluxo de água, facilitando a lavagem de utensílios maiores.

Os modelos também contam com controle de temperatura manual ou eletrônico, proporcionando ajustes precisos conforme a necessidade.

Caso perceba que a pressão da água na torneira elétrica está baixa, pode ser que haja algum problema na rede hidráulica da sua casa, como um cano entupido, válvula fechada ou caixa d’água vazia.

“Outro aspecto é analisar se o item não precisa de um redutor de vazão. Essa peça limita a quantidade de água que passa pela torneira elétrica para economizar energia. Portanto, se preferir ter uma pressão maior de água, basta retirar esse redutor”, destaca Sales.

Para mais informações e comparações de modelos, consulte o site da Copafer em www.copafer.com.br


Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
LUCIANA VITALE FERRAZ DE CARVALHO
[email protected]


Notícias Relacionadas »
© 2024 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp