19/06/2024 às 07h35min - Atualizada em 19/06/2024 às 19h03min

A estética original e incomparável dos ladrilhos hidráulicos em projetos contemporâneos

Nas propostas da Rawi Arquitetura + Design, esse material, que faz parte da história da arquitetura brasileira, compõem piso, bancada e parede com charme e inventividade

FILIPE MARTINS
Juliana Deeke

A cozinha integrada virou a atração da área social ao receber os ladrilhos hidráulicos na cor mostarda, desenhado pelo escritório Rawi Arquitetura + Design, exclusivamente para o projeto. Os revestimentos cobrem o piso e sobem até a bancada | Fotos: Juliana Deeke
 
Os ladrilhos hidráulicos surgiram no fim do século passado, no sul da Europa, e logo depois se espalharam por outras regiões, incluindo até a Rússia. Pouco a pouco também foram ocupando seu lugar de sucesso no Brasil ao trazer uma combinação perfeita entre a tradição e inovação. Fã e conhecedor das características desse revestimento, o arquiteto Raphael Wittmann, sob o comando da Rawi Arquitetura + Design, sabe todos os cuidados desde a instalação até a manutenção dos ladrilhos e nos contará a seguir como usá-lo com criatividade, personalidade e bom gosto.

Mas, primeiro, o que é o ladrilho hidráulico? O arquiteto explica que se tratam de peças feitas de  cimento, quartzo e pó de pedra, entre outros itens, além do acrescimento de pigmentos. Este processo é feito de forma totalmente artesanal, unidade por unidade.
 

Com atmosfera industrial e toques de concreto aparente, a cozinha deste apartamento recebeu ladrilhos hidráulicos verdes, em contraste à marcenaria num tom amadeirado e verde-clarinho. Projeto da Rawi Arquitetura + Design | Foto: Juliana Deeke
 
Benefícios dos ladrilhos hidráulicos

As características tão incríveis desse revestimento histórico, que, antes de voltar à moda, teve seu auge nos anos 1930 e 1940, ajudam a refletir não só no estilo de determinada parte do piso, bancada, parede ou mobiliário, mas também o tom do espaço como um todo: clássico, rústico, retrô ou contemporâneo. E há mais vantagem, já que o material é facilmente restaurado, o que traz uma nova vida ao seu aspecto depois de alguns anos. É exatamente por isso que ele é amplamente famoso pela sua durabilidade e, claro, esse é mais um motivo que faz o arquiteto Raphael Wittmann usá-lo com frequência. Outro ponto alto está na liberdade criativa e na autenticidade ao poder usufruir dos inúmeros desenhos, da mistura de texturas, cores e, dessa forma, deixar os projetos ainda mais irreverentes e personalizados. “Além desses atributos, podemos adotá-los em diferentes ambientes, como quartos, salas, banheiros e cozinhas”, explica Raphael. O que diz respeito às dimensões, não há um tamanho único. Vale prestar atenção na hora da aplicação, tanto em áreas internas como externas, tomando cuidado com a paginação. Como acontece com qualquer tipo de material, preza-se pela suavidade para evitar, por exemplo, um corte brusco ou muito pequeno.

Com materiais simples, mas de grande efeito, este banheiro reformado pela Rawi Arquitetura + Design se destacou com o uso de ladrilhos hidráulicos amarelos no piso
| Foto: Juliana Deeke
 
Cuidados na instalação e manutenção

Em relação à colocação dos ladrilhos, o processo se inicia com o uso da argamassa ACIII branca e desempenadeira dentada. Vale lembrar também de distribuir a argamassa uniformemente, principalmente, nas pontas para evitar rachaduras, comprometendo o visual e a segurança do revestimento. “É crucial que a instalação seja feita com cautela para evitar sujeiras nos ladrilhos. Trata-se de um material de cimento poroso, por isso qualquer sujeira deve ser prontamente removida”, alerta o arquiteto. Embora seja comum a aplicação da resina após o rejunte, é possível realizar esse processo anteriormente dessa etapa a fim de proteger os ladrilhos de manchas. “Após a aplicação do rejunte, é necessário aguardar aproximadamente uma semana para que o ladrilho seque completamente antes da aplicação da resina”, completa Raphael. Sobre o rejuntamento, saiba que no caso dos ladrilhos hidráulicos utiliza-se a junta seca, portanto não há um espaçamento obrigatório entre as peças.

O principal erro cometido pelas pessoas é o uso de produtos químicos para a limpeza das peças, o que pode danificá-las, em razão de sua composição. Portanto, convém redobrar a atenção com a manutenção. Evite arrastar móveis e eletrodomésticos sem panos por baixo e vale colocar feltro protetor nos pés de mesas e cadeiras. Ao lavar os revestimentos, use apenas água e sabão neutro, mas, em geral, um pano umedecido é o suficiente. Aplique cera líquida incolor com rodo e pano úmido uma vez por semana ou quando o material começar a perder o brilho.
 

Neste imóvel, no Edifício Itália, no coração de São Paulo, cozinha e lavabos são monocromáticos, vibrantes e receberam ladrilhos hidráulicos com rejuntes imperceptíveis. Projeto da Rawi Arquitetura + Design | Fotos: Alexandre Disaro
 
Sobre a Rawi Arquitetura + Design

Criado em 2013 pelo arquiteto Raphael Wittmann, formado em arquitetura e urbanismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e pós-graduado em administração pela FIA-USP. Com experiências em renomados escritórios e na coordenação de monitoria de arquitetura no Museu da Casa Brasileira, em São Paulo, além da colaboração em projetos para um livro no Chile e da participação na curadoria da VI Bienal Ibero-americana de Arquitetura, ajudaram a compor o caldeirão de ideias que dá forma aos projetos de arquitetura, interiores, reforma e decoração cheios de bossa, estilo, originalidade e sofisticação.
Em mais de 87 trabalhos residenciais e comerciais, espalhados por São Paulo e outros estados, elementos da cultura brasileira, seja na arquitetura, no design de mobiliário, que se misturam aos materiais usados em sua naturalidade como se dessem som aos projetos, como concreto, aço, tijolo, pedra, madeira e vidro.

A máxima integração do imóvel com a cidade e o entorno é uma busca constante do escritório, que se preocupa também em adotar elementos e posturas mais sustentáveis, desde o respeito ao meio ambiente, passando pela seleção de materiais, dos cuidados com descarte, do uso de energia fotovoltaica até o aproveitamento de água de chuva, da luminosidade natural e da ventilação de forma adequada. O contato com a natureza é algo muito presente em nossos projetos.

Os projetos com a marca da RAWI ARQUITETURA + DESIGN buscam o equilíbrio de volumes, proporções, luz e sombra, não apenas a combinação de cores e texturas. A sinergia entre estética e funcionalidade também é uma preocupação constante do arquiteto Raphael Wittmann, sempre antenado com as inovações nacionais e internacionais. Essa mistura de experiências dá forma a uma arquitetura moderna, que atravessa o tempo, refletindo na concepção de ambientes contemporâneos, humanizados e dinâmicos, que convidam ao bem-estar e, principalmente, traduzem a essência de cada cliente.

RAWI ARQUITETURA + DESIGN
WPP +55 11 3667-7778 | [email protected]
@rawiarquitetura | www.rawi.com.br


Informações para a imprensa:   
dc33 Comunicação   
Filipe Martins - [email protected]  
Glaucia Ferreira – [email protected]   
Danilo Costa – [email protected]   
(11) 98125-7319  

www.dc33.com.br | @dc33comunicacao

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
ISABELLA OKUYAMA ROMERO
[email protected]


Notícias Relacionadas »
© 2024 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp