15/09/2021 às 11h18min - Atualizada em 15/09/2021 às 14h54min

A hora dos multicanais: estudo revela atual cenário dos canais de venda no Brasil

Levantamento realizado pela JET em parceria com E-commerce Brasil ajuda empreendedores a entenderem as tendências de mercado. Mais de 61% das empresas entrevistadas registraram aumento das vendas durante a pandemia.

https://www.jetecommerce.com.br/
SALA DA NOTÍCIA Estela Maria
Gustavo Chapchap, CMO da Jet

Mais uma vez, a tendência de crescimento das estratégias omnichannel (ou multicanais,) mostra que veio para ficar. É o que revela um estudo de 2021 da JET em parceria com a E-commerce Brasil, que ouviu empresas de todo o país entre maio e junho deste ano e comparou os resultados com as respostas de 2020. Os dados impressionam: mais de 40% das marcas já vendem em quatro ou mais canais e mais de 60% tiveram aumento nas vendas durante a pandemia. Além disso, tanto sites de vendas próprios quanto marketplaces cresceram significativamente no período.

Dentre as empresas que ainda vendem em apenas 1 canal, todas acham que é importante vender em diversos canais. Destas, 25% disseram terem sido negativamente afetadas pelas restrições impostas devido ao coronavírus. Outro dado interessante é a quantidade de empresas que aceleraram seu processo de multiplicação de canais por causa da pandemia, um total de 87,1%. 

“Mesmo negócios que ainda não conseguiram aderir à estratégia omnichannel já sabem o quanto isso é importante para a sua sobrevivência, afinal o comportamento do consumidor já é multicanal, a jornada de compra passa por diversos canais. É um movimento natural por consequência das novas tecnologias e presença de uma geração nativa digital no consumo, mas que foi acelerada com a pandemia. Em 2020, 84,8% dos entrevistados afirmaram achar que a estratégia de vendas multicanais era muito importante para o empreendimento. Em 2021, este número subiu para 90,3%", comenta Gustavo Chapchap, CMO da JET.

A maior parte dos e-commerces tem entre 1 e 3 anos de experiência no segmento. Em 2020, 62,6% das empresas tinham e-commerce próprio e 43,8% usavam marketplaces. Atualmente, já são 80,6% fazendo uso de e-commerce próprio contra 61,3% fazendo uso de marketplaces. Dentre todas as marcas participantes, pouco mais de 58% possuem loja física. 

Quanto à comunicação com os clientes, o WhatsApp é o canal mais utilizado (41,9%), seguido das mídias sociais (35,5%), e-mail (12,9%), chat (6,5%) e telefone (3,2%). “Consumidores e corporações precisam parar de ver as redes sociais e os recursos de comunicação apenas como veículos de propaganda: eles se tornaram importantes plataformas de vendas. Por isso, tanto os vendedores, quanto a alta gestão precisam se preparar para lidar com essa nova realidade, encarando as suas vantagens e seus desafios”, completa Chapchap. 


Notícias Relacionadas »
© 2021 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
contato@saladanoticia.com.br
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp