13/05/2022 às 13h09min - Atualizada em 13/05/2022 às 15h12min

Terra Jump lançará plataforma pioneira e revolucionária na DroneShow 2022

Tecnologia inovadora promete solucionar problemas em decolagem e pouso de drones

SALA DA NOTÍCIA Lorraine Souza

 

A mineira Terra Jump estreia na DroneShow 2022 com uma novidade que promete revolucionar o mercado de Aeronaves Remotamente Pilotadas (RPAs sigla em inglês). Em seu estande no evento, a empresa apresenta a sua plataforma pioneira Terra Landing, que visa solucionar problemas em decolagem e pouso de drones.  A feira, considerada a maior do setor, será realizada de 17 a 19 de maio, em São Paulo.

A Terra Landing é uma plataforma robótica de pouso e decolagem portátil e dobrável, de fácil manuseio e transporte, com autonivelamento inercial que disponibiliza uma superfície plana independente do perfil e inclinação do terreno.

"Criamos uma superfície plana que elimina completamente os obstáculos desde a poeira e inclinação do terreno, até interferências eletromagnéticas, garantindo segurança e eficiência na decolagem e pouso Esses são problemas que parecem simples, mas que se colocados no papel representam um gasto surreal em consertos e equipamentos caríssimos", explica o inventor da tecnologia e especialista em gestão de Tecnologia da Informação, Anísio Júnior, sócio fundador da Terra Jump Drones.

A plataforma é ideal para a realização de serviços em setores como agronegócio, mineração e construção civil, no qual geralmente as atividades são feitas em terrenos acidentados e de difícil acesso. “Para esse tipo de trabalho são utilizados drones, cujo o preço mínimo é de R$ 15mil, e podendo ultrapassar os R$ 100 mil”, avalia.

O registro da patente da Terra Landing foi depositado na Organização Mundial da Propriedade Intelectual (WIPO, sigla em inglês), entidade de Direito Internacional Público com sede em Genebra, integrante do Sistema das Nações Unidas. O processo também está em andamento no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

De acordo com Anísio Júnior, a escolha de lançar a plataforma na DroneShow é estratégica por ser um evento que reúne expositores nacionais e internacionais do segmento, fabricantes, importadores e prestadores de serviço. "Além de apresentar a nossa inovação para o mercado, a expectativa é de fecharmos ótimos negócios", projeta Anísio, que busca parceiros para viabilizar a produção e comercialização da Terra Landing em escala no mercado nacional e latino-americano”, convidou.

 

Desenvolvimento do projeto

Anísio se debruçou em estudos para solucionar as dificuldades enfrentadas no seu dia a dia, em serviços de campo realizados pela Terra Jump. “Trabalhar em um terreno acidentado e empoeirado, é sempre desafiador para se pousar um drone, sem que o risco da capotagem e impacto com obstáculos esteja presente. Já tive perdas financeiras devido a esses problemas. Foi aí que surgiu a ideia da Terra Landing, que possui uma inteligência eletrônica capaz de revolucionar o setor”, explica.

Para desenvolver a plataforma, o especialista se dedicou por mais de dois anos, a estudos e testes. “Uma grande dificuldade enfrentada no uso de drones diz respeito à autonomia de voo. Os drones multirotores, de decolagem e pouso verticais, na grande maioria, são equipamentos movidos à energia elétrica, oriunda das baterias. Para otimização dos planos de voo, o deslocamento no terreno, em busca de solo seguro para decolagem e pouso pode afetar custo e eficiência da operação, exigindo trocas mais frequentes das baterias da aeronave”, explica.

Um outro fator importante para tornar ainda mais segura a operação de pouso na Terra Landing, é que a plataforma pode ser utilizada com a tecnologia “Precision Landing”, disponível no software de voo da DJI, a maior fabricante de drones e detentora de 74% do mercado mundial.

 

Sobre a Terra Jump  

 

A Terra Jump foi criada para oferecer soluções a partir de imagens aéreas, integração de sistemas, consultoria, treinamento e gestão, focada em atender às necessidades dos clientes e parceiros com qualidade, precisão e de acordo com a regulamentação do setor. Possui expertise para atuar na mineração, construção civil e agronegócio.

Em seu portfólio há serviços como mapeamento aéreo, levantamento planialtimétrico, medição de estruturas, ortomosaico, geração de modelos 3D para projetos e engenharia reversa, volumetria, georreferenciamento de imóveis rurais e urbanos, inspeção, imagens para análise ambiental, publicidade, dentre outros.

 

Conheça mais sobre a Terra Jump e a Terra Landing no site https://www.terrajump.com.br/. 

 


Notícias Relacionadas »
© 2022 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp