18/05/2022 às 14h06min - Atualizada em 18/05/2022 às 19h00min

Grupo Stefanini promove roadshows no Sudeste e Distrito Federal para discutir o impacto das metodologias ágeis nos negócios

O primeiro evento será realizado em Belo Horizonte e busca disseminar estratégias para geração de valor aos clientes

SALA DA NOTÍCIA Brenda Sena
Belo Horizonte, maio de 2022 – O Grupo Stefanini, que acredita no poder das metodologias ágeis para solucionar problemas de negócios e agregar valor dentro da cultura Customer Centric, promoverá ao longo dos meses de maio e junho uma série de rodshows sobre o tema. A primeira parada será em Belo Horizonte na próxima quinta-feira, 19 de maio. O Stef Talks de Agilidade desembarcará também na capital carioca (25/05) e em Brasília (02/06), finalizando a série em São Paulo no dia 10 de junho, com a participação dos CEOs Global e Brasil, Marco Stefanini e Marcelo Ciasca.
Nos encontros que serão promovidos no Sudeste e no Distrito Federal, o diretor de Business Agility e Agile Development do Grupo Stefanini, Renato Sozzi, abordará como as metodologias ágeis podem ser um diferencial competitivo para as empresas, impactando diretamente – e de maneira positiva – na geração de negócios. Na ocasião, Sozzi apresentará alguns projetos cocriados com clientes de segmentos variados, como energia, indústria e varejo.
“Durante os roadshows, compartilharemos resultados práticos, que reforçam a eficiência das metodologias ágeis no desenvolvimento de jornadas que valorizem a experiência e, consequentemente, tragam valor ao negócio. No Agile, a entrega não é apenas uma abordagem de processos, mas uma entrega de valor”, complementa Sozzi.
O modelo ágil é muito utilizado para construir produtos e serviços, bem como reorganização de processos de negócios, de uma forma que dê previsibilidade dentro do processo, para que o conhecimento do que está acontecendo a passos curtos permita corrigir a rota de maneira rápida, quando necessário, a fim de chegar mais depressa e próximo possível do resultado desejado pelo cliente.
Nesse modelo, as equipes não esperam muito tempo para entender que talvez estejam errando ou indo num direcionamento diferente do que o contratante precisa, elas têm a capacidade de atuar de forma rápida para conseguir corrigir o curso e atender as demandas com excelência. “Para ter sucesso nesse processo, é necessário algo muito importante: o alinhamento de expectativas e perspectivas”, finaliza.

 
Notícias Relacionadas »
© 2022 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp