12/08/2020 às 11h31min - Atualizada em 08/10/2020 às 11h46min

Carregador de carro elétrico: quanto custa instalar em casa ou no trabalho?

Já pensou em abastecer seu carro na sua casa ou no seu trabalho? Muito mais cômodo não é mesmo? Confira aqui qual o custo dessa comodidade!

LUCAS WIDMAR PELISARI

No Brasil, menos de 5 mil carros elétricos foram emplacados até hoje, mas esse número tende a subir, seja através de carros totalmente elétricos ou também os carros híbridos.
Conforme a discussão sobre carros elétricos se intensifica, mais pessoas interessadas surgem, as grandes dúvidas dos consumidores hoje são:
  • Como carregar carros elétricos?
  • Onde carregar carros elétricos?
  • Quanto custa para carregar carros elétricos?

Carregador do carro elétrico

Na compra de um carro elétrico ou carro híbrido vem junto um carregador incluso no veículo. Alguns veículos, como a BMW i3, permitem ser carregados em qualquer tomada de três pinos, semelhantes às tomadas das máquinas de lavar.
Esses carros que acompanham a tomada de três pinos não necessitam de nenhum tipo de adaptação elétrica, exceto uma eventual troca do disjuntor.
Também é possível adquirir um segundo cabo carregador, possibilitando deixar um sempre em casa e outro no porta-malas do veículo.

O custo de abastecer um carro elétrico no Brasil

Diversas empresas do ramo automotivo vêm realizando estudos para saber o custo real para manter o carro abastecido, e adquirir um carregador adicional.
Geralmente, o carregador que vem no veículo é do tipo "carregamento lento", o que faz com que as recargas sejam mais lentas, porém, mais precisas. O tempo médio para abastecer uma bateria automotiva com esse carregador é de 10 horas.
Considerando que as baterias dos veículos movidos à energia elétrica já existentes no mercado possuem autonomia média de 160 km, isso quer dizer que uma noite inteira de recarga em casa é suficiente para garantir o uso do veículo no dia posterior.
Existem também os carregadores semirrápidos cuja recarga total do veículo é de aproximadamente duas horas. Esses carregadores geralmente utilizam a tensão 220 V. Nesse caso não só é preciso investir no aparelho carregador como também na instalação elétrica do local.
Um carregador semirrápido para carros elétricos pode custar em média 8 mil reais, porém, algumas montadoras demandam um investimento maior para essa peça.
Vale ressaltar que esses carregadores não são apenas mais rápidos, eles também geram relatórios de energia consumida, abastecida e o estado da bateria.

Totem eletrificado

Uma tendência muito comum na Europa são as torres eletrificadas, são pequenos totens já adaptados para o plug-in dos veículos. Já existem inclusive torres adaptadas para o carregamento semirrápido.
Esses totens já podem ser encontrados em condomínios, postos de abastecimento e parques.

Conclusão

Com a cotação do dólar, custos de importação, regulamentação e instalação, esses equipamentos tendem a ser bem mais caros no Brasil. O que desmotiva o investimento por parte dos consumidores.
E então? O que achou desse artigo? Deixe nos comentários, ficaremos muito felizes com seu feedback!

Notícias Relacionadas »
© 2020 Sala da Notícia - Todos os direitos reservados.
contato@saladanoticia.com.br